fbpx

Você tem medo ou vergonha de gravar vídeos?

Gravar vídeos é uma realidade digital. Seja para ser um youtuber ou para vender um produto ou serviço, torna-se essencial utilizar essa magnífica ferramenta trazida pela internet de mostrar nossa carinha em vídeos. E, nesse contexto, eu te questiono: Você gosta de gravar vídeos e possui facilidade? Qual é o seu método? Treinar e gravar? Ou você grava e não posta por talvez não gostar da própria voz e de sua imagem, e acaba colocando defeitos onde não há, nunca acha que está bom o suficiente?

Você já pensou por que isso acontece?

Algumas concepções que temos de nós mesmos e da nossa imagem podem ser fatores que atrapalham. Mas saiba que se você quiser, conseguirá gravar um vídeo capaz de engajar a sua audiência

Eu tenho feito muitos deles no canal do Youtube e no Instagram, inclusive, lançarei um curso sobre performance em vídeos, com a ideia de justamente ajudar pessoas, porque ao olharmos alguém falando bem em vídeos, logo pensamos  “nossa, como a pessoa fala bem, eu queria ter essa desenvoltura!”. O problema é quando essa admiração desperta nossa vítima interior de “olha só a facilidade que ela tem e eu não tenho, é tão difícil para mim!”, e, assim, nossa autoestima vai lá embaixo.

E o que eu quero que você entenda é que não é necessário se preocupar, pois a maioria das pessoas mostram somente o lado perfeito, o melhor vídeo depois de muitas gravações, de tantos erros e repetições. Mas que o incrível mesmo são exatamente esses erros e a jornada levada para a escolha de um só. Eu me divirto muito gravando e depois vendo qual foi a melhor versão, todo mundo posta o melhor e isso não está errado, só que não devemos esquecer que, para entregarmos o melhor vídeo, houve um processo de muita repetição. No primeiro vídeo, a pessoa erra pela primeira vez e já fica meio assim para filmar o próximo, na segunda vez erra de novo, gagueja, dá um branco e, nesse momento, começa a criar um bloqueio de “ah não vou gravar mais, não consigo, não sou bom nisso”. E é aí que fecham-se todas as janelas de oportunidades de perceber como o processo funciona, porque uma hora vai sim dar certo, vai chegar um momento em que de tanto que você treina, fica bom, vai fazer e errar muito pouco. Mas para isso, é necessário treino, repetição e persistência. Nós só aprendemos assim, não tem outro atalho! Já devemos ter em mente que repetir será preciso, mas não seja daqueles que fazem 95 vídeos e acham que nenhum deles foi o ideal.

Nos primeiros vídeos que gravei, eu odiava porque achava que sempre ficavam ridículos, mas fui melhorando aos poucos e tenho muito a melhorar ainda na minha performance. Porém descobri o chave: gostar de fazer isso, se divertir, ser natural. Eu realmente gosto de gravar.

Separei algumas dicas rápidas:

  • Tenha uma AUTO imagem positiva
  • Treine nos Stories do Instagram, é mais informal
  • Tenha um conteúdo legal e uma mensagem clara e centrada (não adianta só filmar besteirol)
  • Ensaie antes da gravação, e vá treinando
  • Olhe sempre para a lente da câmera
  • Corrija, perceba seus vícios de linguagem
  • Peça feedback de alguém
  • Seja você mesmo
  • Fale sorrindo
  • Defina o que você quer mostrar no vídeo.
  • Escreva no papel todas as ideias que acha que são necessárias.
  • Coloque em ordem os pontos principais que você separou.
  • Escreva as informações principais em  tópicos  com letras bem grandes.
  • Cole-os perto da câmera, de preferência, atrás dela.
  • Siga o roteiro.
  • Não gostou? Grava de novo
  • Cuide dos detalhes de luz, áudio e ambiente.
  • Grave informações que agreguem valor, dicas e assuntos que ajudarão outras pessoas.

Algumas técnicas de relaxamento também ajudam muito.

  • Faça controle de respiração (inspire e respire com calma).
  • Feche os olhos e tente esvaziar a mente (pare de pensar no que está fora daquele ambiente).
  • Fale e pense positivamente a respeito do seu vídeo.
  • Durante a semana, escreva recados incentivadores para você e cole-os pela casa.

Para gravar vídeos, eu não fico somente preocupada com minha maquiagem, mas sim, se minha mensagem será interessante e as pessoas aprenderão alguma coisa, esse é meu propósito. E não absorver o julgamento dos outros se tornou um enorme exercício de autoaceitação para mim.

Grave vídeos e treine, tenho certeza que você se sairá CADA VEZ MELHOR.

Abraços,

Envie seu comentário

Atendimento Whats